Conecte-se a nós

ENTREVISTA | Pedro Sampaio fala sobre carreira, inspirações e novo single

Foto: Divulgação/ Warner Music

ENTREVISTAS

ENTREVISTA | Pedro Sampaio fala sobre carreira, inspirações e novo single

Semana passada, o DJ e cantor Pedro Sampaio, que despontou nos charts das maiores plataformas de streaming do país, lançou mais um single, intitulado “Fica À Vontade”.

A canção é o segundo lançamento do artista com a Warner Music Brasil. Muito carismático e atencioso, o cantor conversou com a gente, falou sobre colaborações e novidades de divulgação que estão por vir. Confira o bate papo:

Vimos que você já compartilhou o vídeo que o Fit Dance fez com a coreografia de “Fica À Vontade”. Queria saber se você já aprendeu e como está sendo a repercussão do vídeo.

Ainda não aprendi, é bem recente, tenho que aprender pra fazer nos shows. Fit Dance é um super parceiro e fico muito feliz, a colaboração ajuda na repercussão, e além disso eles dão aula com a música.

View this post on Instagram

// @fitdance lançou uma coreo pra #FicaAVontade 🤙🏻 só esse deslocamento de quadril no refrão 😂🕺

A post shared by Dj Pedro Sampaio (@pedrosampaio) on

Podemos esperar mais alguma novidade sobre a divulgação da música?

Como as minhas outras músicas, “Fica À Vontade” é bem dançante, pra dançar e se jogar na pista mesmo, então, no clipe a gente contou com algumas dançarinas de twerk, que é um estilo de dança mais americanizado, e que eu queria mostrar pra vocês. Muita gente não conhece ainda, e assim como axé, funk, hip hop, o twerk tem sua sensualidade. E de novidade, a gente vai soltar um vídeo bem interessante das meninas dançando twerk pelas ruas de São Paulo.

No seu trabalho fica evidente o mix de pop, hip hop, funk, algumas dessas influências internacionais também. Em relação a artistas, quais são as suas principais inspirações?

Isso é verdade, sou eu! Eu sou um cara super eclético e escuto de tudo. Se quiser me mostrar um ritmo novo, uma música que você goste, eu vou ouvir e tentar tirar algo dali. Procuro estar sempre bem atualizado e o reggaeton. Um cara no qual me inspiro demais é o J. Balvin, tanto na musicalidade quanto no astral de seu trabalho.

Eu ia até perguntar sobre influências estéticas também…

Consigo te citar alguns nomes: J. Balvin, Bad Bunny, Diplo, DJ Snake.

Eles são bem latinos, então acho que conversam bastante com o seu trabalho…

– É verdade!

Colaborações têm sido cada vez mais frequentes, principalmente aqui no Brasil. Você tem alguma colaboração que deseja fazer?

– A galera pede muito, minhas últimas músicas são singles solo, que eu canto sozinho, que eu produzi. Até o final do ano a gente vai lançar alguns featurings, pra matar a curiosidade da galera e fazer essas experiências.

Agora falando um pouco sobre “Vai Menina”, você esperava a repercussão da música? Foi uma explosão no carnaval e se mantém até hoje, há mais de dois meses, entre as mais executadas no Spotify…

– Desde quando “Vai Menina” foi criada, a gente já sabia do potencial por ser bem dançante, ter uma energia ótima, então as expectativas eram boas. Agora, entrar no top Brasil, Portugal, Uruguai… isso aí eu não esperava. Mas é consequência de um trabalho bem positivo. Com certeza o carnaval ajudou também. Costumo dizer que se a música não fosse minha, eu colocaria ela no meu set.

E em relação aos fãs nas redes sociais, como é a sua relação com eles? Recebe muita cantada? Eles são muito stalkers?

– Minha relação com a galera na internet é bem legal, eu tenho várias camadas de fãs. Como comecei no Facebook, gravando vídeos e postando, tem uma galera que me acompanha já há alguns anos, e tem essa galera que veio surgindo agora com as novas músicas, graças a vocês também, agradeço bastante o apoio dos portais de notícias, só tenho a agradecer por isso. Faço música para os meus fãs e eles recebem da melhor forma sempre.

Sucesso meteórico!

No início de 2018, pedro lançou a sua primeira música autoral, “Eita!”, com o cantor Jhama e em seguida lançou a faixa e clipe de “Bota Pra Tremer”, que faz, até hoje, muito sucesso na internet, entre influenciadores, youtubers e público em geral. Ele também comanda o programa “Embrasando”, na rádio FM O DIA, ao lado de Kelly Jorge, toda quinta, a partir das 22h. O jovem tem uma média de 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, uma agenda de shows lotadíssima, e uma legião de fãs.

O funk da nova geração já tem um representante, e o nome dele é Pedro Sampaio.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais sobre ENTREVISTAS

PUBLICIDADE

TRENDING

POP Mais no #Twitter

Topo