Conecte-se a nós

ENTREVISTA | Júlia & Rafaela contam tudo sobre o projeto “Despertar – A Série”

Foto: Mauricio Antonio

ENTREVISTAS

ENTREVISTA | Júlia & Rafaela contam tudo sobre o projeto “Despertar – A Série”

Na última terça-feira (20), acompanhamos a exibição da prévia da websérie musical “Despertar – A Série”, da dupla Júlia & Rafaela, projeto responsável por apresentar a trajetória das gêmeas, que estão seguindo carreira no mundo musical já há 3 anos, em dez episódios. Este novo trabalho, voltado principalmente para as plataformas digitais, começou a disponibilizado em 21 de agosto, com o primeiro episódio intitulado “Antes da Primeira Esquina”.

A cada semana, ao longo de dois meses e meio, os conteúdos serão liberados no canal oficial da dupla no YouTube, sendo um episódio às quartas-feiras e um videoclipe inédito às sextas, dia que também será liberado o áudio da faixa correspondente, em todas as plataformas digitais de música.

Após conferirmos um trecho do projeto, com direito a um pocket show das meninas – promissoras, especialmente por seu talento e carisma, diga-se de passagem -, nós do Site POP Mais batemos um papo com elas. Na conversa, Júlia & Rafaela contaram um pouco sobre Matheus e Kauan e Felipe Araújo, presentes em “Despertar”, além de sonho de colaborações futuras. Elas revelaram também qual das duas é a mais chorona. Confira a conversa:

Vocês são jovens, estão bem integradas na era dos streams. Como é lançar uma websérie, que é um projeto extenso, dentro da era dos streams, tão dinâmica e com diversos lançamentos diários?

(Rafaela) É uma experiência muito incrível ter gravado a websérie, contar nossa história não é muito fácil, é muito emocionante, a gente reviveu tudo. A gente foi pra Campo Verde contar o que fazia lá, pra Goiânia, onde a gente gravou o nosso primeiro CD. Foram várias coisas que marcaram a nossa vida e têm muitas pessoas que sempre estiveram juntas e fazem parte desse projeto. Registramos a experiência que elas têm com a gente. É o projeto mais lindo que a gente já fez. Para superar esse projeto vai ser difícil! Estivemos com profissionais incríveis. É muito gratificante.

Dentro do projeto há a participação de Matheus e Kauan e Felipe Araújo. Como é trabalhar nomes como esses, incluindo Matheus e Kauan, atualmente uma das maiores duplas nacionais, com 3 músicas no top 50 do Spotify?

(Julia) Matheus e Kauan é uma dupla que a gente sempre sonhou em gravar, desde que a gente começou a cantar profissionalmente. É um estilo que a gente adora, e quando a gente ficou sabendo que eles gostaram de “Bem ou Mal” e iam participar, a gente ficou muito feliz! É um sonho realizado! Com certeza vai ser uma grande ajuda nesse projeto, somos muito fãs deles. Felipe Araújo nós já conhecemos, já nos encontramos pelas rádios, e a música com ele é bem a cara dele, então estamos muito felizes com esses convidados.

Somando as principais plataformas e redes sociais de vocês, entre Instagram, Facebook e Youtube, são cerca de 2 milhões de seguidores. Vocês se sentem um pouco intimidadas, por saberem que todos os posts atingem esse número de pessoas quase imediatamente?

(Rafaela) Não cai a ficha que a gente tem tudo isso! A gente não tem noção até onde nossos posts chegam. Temos cuidado com o que a gente posta, mas no geral, as pessoas que nos acompanham são pessoas que gostam muito do nosso trabalho.

Durante a exibição da prévia da websérie e o pocket show, eu percebi que é um projeto bem pessoal e íntimo. O nome “Despertar” tem alguma relação com isso? De quem foi a ideia?

(Julia) A ideia foi da nossa gravadora em conjunto com a gente. Já gravamos projetos anteriores, e hoje estar despertando para outro estilo, outro momento… a gente mudou cabelo, mudou visual, muitas coisas, foi o momento de fazer uma coisa diferente. É o início de uma coisa nova!

Vocês têm um sonho de colaboração? Mesmo que não seja exatamente um featuring, mas para compor junto a vocês?

Ainda não pensamos. A gente sonha muito em fazer alguma música com os nossos ídolos, Teodoro e Sampaio, são referência pra gente. Gino e Geno também. Essa galera mais “modão”, que a gente começou a ouvir desde cedo.

Durante a exibição, eu também percebi que vocês estão se sentindo bem realizadas com o projeto no geral, e ambas são super emotivas. Quem é a mais chorona? Quem consegue dar uns chacoalhões mais racionais de vez em quando?

Nós duas choramos, mas a Julia é mais [chorona].

Mais sobre ENTREVISTAS

PUBLICIDADE

TRENDING

POP Mais no #Twitter

Topo