POP Mais nas redes sociais:

CRÍTICA | “Como Treinar o Seu Dragão 3” é uma obra rara e digna de aplausos

FILMES & SÉRIES

CRÍTICA | “Como Treinar o Seu Dragão 3” é uma obra rara e digna de aplausos

Eae, é bom ?

O terceiro filme da franquia acompanha o personagem Soluço e a realização de seu grande sonho: encontrar um lar pacífico onde os dragões possam viver em segurança. Lá, Banguela ( o fúria da noite ) descobre uma companheira, assim como ele, mas um tanto selvagem. Mas é quando o perigo começa a rondar o lar, que a dupla Banguela e Soluço será testada e precisará tomar decisões difíceis para salvar suas espécies.

Enquanto todos admiram o universo da Disney e suas produções e novidades com Live Actions, a DreamWorks surpreendeu com essa final da trilogia, a trilogia mais considerada “bem sucedida” da empresa. Como treinar o seu dragão é um filme para ser aplaudido de pé e parabenizado enquanto concepção e execução de projeto, e com essa execução, a DreamWorks mostra que é possível entregar uma sequência de filmes mostrando que pode ir melhorando e avançando, conseguiu o que sempre teve dificuldade, entregar uma história com começo, meio e fim, sem enrolação, e a melhor trilogia que já lançaram.

Após esse final, entrou em discurso de qual seria a melhor obra da DreamWorks, colocando em pauta Madagascar que é um clássico, porém, vem se perdendo na história, ou até mesmo Shrek entrou em discussão, pois o final de Shrek não se comparou com o final de Como Treinar o Seu Dragão.

Dizer que Como Treinar o Seu Dragão 3 é lindo, é porquê está faltando palavras para descrever, pois a tamanha emoção e sentimentos que sentimos ao final da sessão é inenarrável. Além de trazer para as telão a aventura que estamos acostumados, cheia de ação e algumas gargalhadas, o filme focou no amor e a amizade de sua trama, passando uma enorme mensagem no final que : “amar não é prender, e sim dar a liberdade para o outro ir e vir.”

O filme surpreendeu também em não só trazer a relação entre Soluço e Banguela, mas foi dada mais atenção em personagens secundários como CabeçaQuente e CabeçaDura, já que em todos os filmes anteriores, nunca deram tanto foco nos dois irmãos.

Como treinar o seu dragão aproveitou para mostrar toda a fofura de Banguela, e o tornou protagonista do romance mais lindo de animais já feitas no cinema. Ver a aproximação de Banguela por sua amada Fúria da Luz, foi alfo simplesmente encantador, enquanto o vilão da história tenta sempre se aproveitar da situação e armando os seus planos, nós só queremos saber do novo casal de dragão. Até um crítico de filme amador percebe o bom trabalho do roteirista em perceber que ele aproveitou bem o tempo de tela de cada uma das tramas, para que toda a história no final se conectassem. Tanto a direção quanto o roteirista, foram delicadamente, precisos e sensatos nessa divisão e conexão de cenas.

A obra mais uma vez nos surpreendeu na evolução que o cinema vem nos mostrando com o design visual do filme, com a delicadeza de cada fio de cabelo ou grama no chão que nos faz se perguntar “por quantas horas ele desenharam cada personagem?”. E o que falar da sua trilha sonora e a dublagem nacional que trouxe uma satisfação enorme de estar ali sentado e assistindo o filme.

Mais uma vez, Como Treinar o Seu Dragão 3 foi visualmente impecável, apresentou uma trilha sonora muito boa e entregou uma dublagem nacional de qualidade, o que fez toda a diferença na hora de assistir o filme. Lindo, emocionante e sensível, o filme encerra sua jornada e se despede dos fãs de forma digna e marcante. O filme é recomendável para todas as idades, pegue sua família e seus amigos e boa sessão!

 

+ FILMES & SÉRIES

Publicidade

TRENDING

DÁ 1 LIKE

Publicidade
To Top
41.com.tr | www.amasyaescort.org