Conecte-se a nós

Billboard elege as melhores e piores capas de álbuns de 2017

CHARTS

Billboard elege as melhores e piores capas de álbuns de 2017

O ano de 2017 foi marcado por diversos altos e baixos, tanto no cenário musical como fora dele, não faltaram tretas, clipes maravilhosos, artistas revelações, lançamentos de diversos álbuns e pensando nisso a Billboard resolveu eleger as melhores e piores capas de álbuns lançadas no ano.

Claro que para as escolhas na publicação a própria Billboard resolveu comentar sobre. Confira:

 

MELHORES CAPAS  DE 2017

Kendrick Lamar e seu álbum intitulado de “Damn.” foram eleitos como uma das melhores capas no ano, pois o contraste da expressão apresentada pelo rapper com o vermelho da fonte em capslock demonstrou todo o contraste de sentimentos presente em todo o álbum.

Com  “Melodrama” a cantora neozelandesa Lorde soube trazer toda a essência presente no álbum apenas na capa pintada pelo artista americano Sam McKinniss. Para a publicação a capa fala intimamente com quem a vê e reflete com a lírica presente nas 11 faixas do segundo álbum da cantora.

Jay-Z mostrou que menos é sempre mais e transformou a simplicidade de uma fonte preta em um fundo simples, dando ares de icônico à algo tão básico apresentado na capa do álbum “4:44”.

Um grande acerto para a publicação, Dá-lhe Jay-Z

Quem diria que Harry Styles em uma banheira de água rosada, sem mostrar seu rosto, apenas de cabelos molhados em contraste com suas tatuagens poderia ser algo tão marcante?!

Com uma capa simples e bela o ex-One Direction trouxe frescor com seu álbum homônimo.

Se em algumas capas não há imagem do artista ou só letras, no álbum “More Life” do rapper Drake quem dá as caras é seu pai, Denis Graham, ao aparecer com toda a pompa e classe dos anos 70.

Menção honrosa ao bigode que rouba a cena.

Sentar na grama ao lado de inúmeros monitores antigos nunca fez tanto sentido se você se ater que o álbum da cantora SZA se chama “Ctrl”.

Muitas referências, muito indie, muito vintage. Adoramos!

 

Depois de nomear as capas mais marcantes do ano a publicação também nomeou as piores, e já adiantamos que vai deixar muito fã de nariz torcido para a publicação da Billboard.

 

PIORES CAPAS  DE 2017

Essa virou meme! a dona de “olha o que você me fez fazer”, ou como é conhecido internacionalmente “Look What You Made Me Do”, primeiro single do álbum “Reputation” de Taylor Swift aparece na lista de piores capas por conta da fonte, inspirada em jornal que acabou por causar desconforto e ofuscar o material apresentado por Tay.

Com o exagero sempre presente na carreira do rapper alto intitulado de Mr. Worldwide, AKA Pitbull para o grande público, seu álbum “Pitbull Greatest Hits” trouxe o melhor  do pior do rapper para a Billboard por trazer tamanho exagero de ter cinco versões do intérprete.

A ousadia apresentada por Katy Perry em “Witness” não foi um acerto, mesmo com um tema tão bem trabalhado anteriormente pela cantora na faixa “ET” de seu álbum “Teenage Dream”, lançado em  2010, não foi bem aproveitado em 2017 e se tornou estranho e destoante do contexto de seu novo álbum.

 

Com uma capa sem nenhum contexto ou história a ser compreendida G-Easy não conseguiu criar uma comunicação linear com o material apresentado em seu álbum intitulado de “The Beautiful & Damned”.

 

 

Afirmando que sempre gosta de provocar o rapper Eminem não ganhou pontos ao se mostrar envergonhado por trás da bandeira americana na capa de “Revival”.

Sensações conflitantes com a capa desse álbum.

 

 

 

Imagem relacionada

Não sei vocês, mas a gente ficou bem intrigado com algumas escolhas da dona Billboard

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais sobre CHARTS

PUBLICIDADE